CONCURSO CULTURAL

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL – “O NOME DO TIME” – 2015

  • 1.                                 OBJETO E PRAZO:
  • 1.1.                           O Concurso Cultural “O Nome do Time” será promovido pela Agência Transmídia (PROZE Consultoria Criativa), inscrita no CNPJ sob o nº 22902083000147. e é voluntário e gratuito, de livre acesso às pessoas interessadas em participar e não está vinculado a nenhum tipo de aquisição de produtos ou serviços, nem qualquer modalidade de sorte ou álea, de acordo com o artigo 3º, inciso II, da Lei n.º 5.768/71, e com o artigo 30 do Decreto­Lei n.º 70.951/72.
  • 1.2.             O Concurso será realizado em todo o Brasil, no período compreendido entre as 08h00min do dia 27 de agosto de 2015 e as 08h00min do dia 14 de dezembro de 2015, e consistirá na premiação do melhor sugestão para o nome do grupo de heróis apresentados no Audiodrama “Khaoz Crescente” da Agência Transmídia contido nesse tópico conforme as regras abaixo.

 

  • 2.                                 DAS CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO:
  • 2.1.                   A presente promoção é aberta ao público em geral, podendo participar as pessoas Físicas, residentes em todo o território nacional, desde que maiores e capazes, nos termos da legislação civil em vigor, respeitados os termos e condições estabelecidas neste regulamento.
  • 2.2.                           É vedada a participação de funcionários, bem como de seus familiares, da Agência Transmídia, de empresas relacionadas, ou quaisquer pessoas diretamente envolvidas com esta promoção.
  • 2.3.                           A participação no presente Concurso é voluntária, gratuita e implica na aceitação total e irrestrita dos termos e condições do presente Regulamento.
  • 2.4.                           Ler e aceitar este Regulamento, por tal ato submetendo-se de forma irretratável e irrevogável a todos os respectivos termos e condições.

 

  • 3.                                 COMO PARTICIPAR:
  • 3.1.                           Entre os dias 27/08/2015 à 14/12/2015, os interessados em participar do presente concurso deverão enviar nomes para o grupo de heróis do Audiodrama “Khaoz Crescente” disponível no site da organizadora do presente concurso. As sugestões de nome deverão ser feitas exclusivamente na seção de comentários da publicação, e deverão constar do nome completo e do e-mail do candidato.
  • 3.2.                           Qualquer cadastro feito fora do período disposto no item 3.1, e fora do espaço acima descrito, estará desclassificado e não participará do presente Concurso.
  • 3.3.                           A Agência Transmídia reserva­-se o direito de desclassificar e excluir os participantes cuja conduta demonstre estar manipulando dolosamente a operação do Concurso, bem como os participantes que tentarem fraudar ou burlar as regras estabelecidas neste Regulamento.
  • 3.4.                           Os participantes poderão participar com mais de uma inscrição, porém, cada uma deverá ser feita em registro separado.
  • 3.5.                           Na hipótese de recebimento, pela organizadora, de dois ou nomes iguais, apenas será considerado, para os efeitos de participação do Concurso, o que primeiro for recebido, sendo os demais desconsiderados para efeitos de premiação.
  • 3.6.                           Não será permitida em qualquer hipótese, sendo imediatamente desclassificada, a submissão de nomes que contiver: (i) uso de quaisquer expressões ou sinais contrárias à moral e aos bons costumes; (ii) termos que ofendam a honra ou imagem de pessoas, produtos, empresas ou natureza, meio ambiente, espaços físicos e afins; (iii) sinais ou palavras que ofendam a liberdade de consciência, religião, sexo, ideia ou sentimentos das pessoas ou associações (iv) incentivo a maus costumes, violência ou drogas; (v) apologia a símbolos desportivos reconhecidos; (vi) apontamento preconceituoso, constrangedor, pornográfico ou semelhante.
  • 3.7.                           A Organizadora se reserva o direito de desclassificar as inscrições que não preencham os requisitos previstos nos itens anteriores ou em qualquer outra disposição deste Regulamento, independentemente de qualquer comunicação prévia.
  • 3.8.                           Serão escolhidos os nomes mais criativos e adequados ao tema de NOME MAIS DEMOCRÁTICO, dentre todos as inscrições que atenderem integralmente ao disposto no presente Regulamento, por uma Comissão Julgadora composta por 3 (três) funcionários da Agência Transmídia, cuja decisão é soberana e irrecorrível, sendo utilizados na decisão critérios de criatividade, originalidade e vinculação ao tema proposto.
  • 3.9.                           Não caberá qualquer reclamação acerca da decisão da Comissão Julgadora, em hipótese alguma.
  • 3.10.                             Os nomes livremente apresentados à Organizadora do Presente Concurso Cultural serão propriedade intelectual do candidato, entretanto, fica desde já expressamente livre e pactuado que todos os direitos autorais patrimoniais serão transferidos, de forma gratuita, irretratável e irrevogável à Agência Transmídia, que, por sua vez, indicará a autoria ao Candidato vencedor em todas as formas de mídia ou modo em que sejam empregados, que poderá ser, dentre outras formas, utilizar, fruir, dispor, reproduzir, distribuir, explorar economicamente ou ceder a terceiros, livre e ilimitadamente, no território nacional ou fora dele e em qualquer mídia ou modo, existente ou que venha a ser criado, independentemente de outro ajuste com o AUTOR DO NOME,  e sem que este tenha direito a qualquer remuneração ou indenização.
  • .
  • 3.11.                       Os participantes do Concurso, incluindo os vencedores, assumem total e exclusiva responsabilidade a respeito de todas e quaisquer reivindicações de terceiros no tocante às respostas submetidas ao Concurso. Todos os participantes declaram que os conteúdos enviados são originais. Em caso de plágio, a Agência Transmídia não responderá por quaisquer prejuízos sofridos por terceiros, mas desclassificará do Concurso o participante responsável pela pratica ilícita.
  • DO PRÊMIO
  • 3.12.                       O vencedor receberá como prêmio versão impressa do roteiro do Audiodrama “Khaoz Crescente”, contendo artes exclusivas ilustrando tanto os momentos da história quanto também o processo criativo da identidade visual dos personagens ao longo dos anos. Além disso, poderá participar de vindouros audiodramas com um personagem exclusivo de aparição esporádica.

 

  • 4.                                 DA SELEÇÃO DO VENCEDOR
  • 4.1.                           A seleção e escolha do melhor nome será feita por uma banca de  3 (três) colaboradores da Agência Transmídia em até 07 dias após o prazo para inscrições, e a decisão soberana e irrecorrível será então anunciada por meio de publicações no site da Agência e em seus perfis de redes sociais.

 

  • 5.                                 DA ENTREGA DA PREMIAÇÃO
  • 5.1.                           O vencedor do concurso será contatado pelo e-mail cadastrado na seção de comentários e terá até 30 (trinta) dias para responder e informar o endereço para envio do prêmio descrito no item 4.1. Após esse prazo a Agência Transmídia se reserva o direito de reter o prêmio e fazer um sorteio entre todos os concorrentes, inexistindo para o contemplado, nessa hipótese, qualquer direito a ressarcimento ou indenização.
  • 5.2.                           O prêmio é livre e desembaraçado de quaisquer ônus para o contemplado.
  • 5.3.                           O prêmio não poderá ser trocado por outros, muito menos convertido em dinheiro, consoante a previsão do parágrafo 3º do artigo 1º da Lei n.º 5.768/71.

 

  • 6.                                 DISPOSIÇÕES FINAIS
  • 6.1.                           Em momento algum poderá a Realizadora ser responsabilizada por inscrições perdidas, atrasadas, enviadas erroneamente, incompletas, incorretas, inválidas ou imprecisas.
  • 6.2.                           A Agência Transmídia não será responsável por problemas, falhas ou funcionamento técnico, de qualquer tipo, em redes de computadores, servidores ou provedores, equipamentos de computadores, hardware ou software, ou erro, interrupção, defeito, atraso ou falha em operações ou transmissões para o correto processamento de inscrições, incluindo, mas não se limitando, a transmissão imprecisa de inscrições ou falha da Realizadora em recebê-las, em razão de problemas técnicos,  congestionamento na internet ou no site ligado ao Concurso, vírus, falha de programação (bugs) ou violação por terceiros (hackers).

 

ÁUDIO DRAMA – KHAOZ CRESCENTE – EPISÓDIO 1- CAPÍTULO 1 -PARTE 1

DESCRIÇÃO DA VITRINE AO PÚBLICO DEFICIENTE VISUAL

A vitrine da postagem é um banner dividido em duas metades opostas uma a outra: à esquerda predomina o branco, à direita predomina o negro. À esquerda temos a ação se passando num zoológico, tendo uma jaula com uma mureta de pedras brancas e argamassa escura, grades altas que prendem um animal similar a um leão pequeno. Fora da jaula, temos uma criatura de baixa estatura, corpo em forma de pirâmide invertida, três dedos nas mãos e nos pés, antebraços e canelas largos, olhos grandes, três antenas formando um ângulo de 120° entre si. Envolvendo a criatura que parece se debater temos a figura de uma caveira envolta num manto escuro, envolvendo a criatura com sua capa como se fossem sombras. A escuridão do manto se mescla às sombras do chão.
Na metade direita da vitrine temos a ação que se passa num local aberto, provavelmente um campo, com grama rasa no chão e um céu estrelado acima. À esquerda temos um homem de pé, de braços abertos e espalmados para traz. Seus cabelos são claros, seus olhos também. No seu peito há a metade de um símbolo que parece uma flecha apontando para cima e na borda da seta temos o que parece uma letra E maiúscula, ligeiramente inclinada e invertida. O personagem parece ranger os dentes. Ao seu redor há um domo semi circular cobrindo todo seu corpo e tocando o chão. Do lado de fora do domo, deitado sobre o semi círculo está a mesma criatura da metade esquerda do banner. A criatura está com os braços e pernas espalmados sobre o domo e suas antenas estão tocando o semi círculo com mais cuidado. Os olhos da criatura estão arregalados e as suas costas mostram uma longa estrutura de camadas vertebrais, como uma fileira sobreposta de doze vértebras da nuca até a bacia. Ao centro temos o enunciado “Caos Crescente” – sendo que Caos está escrito com as letras K-H-A-O-Z. Abaixo temos as categorias “Episódio 1” e “Parte 1”. No canto inferior direito temos um selo da “Agência Transmídia” com os dizeres “Uma Produção 100% Original”.

SINOPSE DO CAPÍTULO

Um OVNI cai no Brasil e causa o caos pelo sul do país, mobilizando as forças armadas, aterrorizando cidadãos inocentes e atraindo a atenção de três super-heróis tupiniquins.

“Khaoz Crescente” é uma comédia de ação em forma de áudio drama que satiriza estereótipos de super-heróis num cenário totalmente brasileiro.

A história foi escrita em 2005 e passou por diversas revisões até a presente versão em áudio. O público-alvo principal deste áudio drama é o público deficiente visual, que não possui uma representatividade expressiva no cenário de entretenimento impresso, sendo a eles negligenciadas áudio descrições de histórias em quadrinhos. O autor de “Khaoz Crescente”Vitor Hugo Mota – identificou nesta fraca demanda a oportunidade de contemplar seus amigos deficientes visuais e, ao mesmo tempo, incentivar o uso da mídia podcast para outros fins além do papo trivial e informal de amenidades. O texto foi totalmente adaptado para ficar o mais descritível possível e dar a oportunidade de imersão para TODOS os públicos audíveis. E para tornar ainda mais efetivo, os efeitos de fundo utilizados ilustram sonoramente as ações efetuadas pelos personagens e o cenário ao redor. As mais de 60 vozes utilizadas ao longo dos 8 episódios desta história mostram o cuidado da produção em tornar cada personagem – por menor que seja a sua participação – único em sua passagem.

Por se tratar de uma história satírica, recheada de situações absurdas e nonsense, “Khaoz Crescente” se tornou uma história sem preconceitos, pois não trata uma cidade ou indivíduos melhor do que qualquer outro semelhante. Toda a narrativa enaltece e também faz piada com diversas cidades e estereótipos por onde passa.

E para estreitar os laços com nossos ouvintes, temos um concurso cultural disponível para todos que quiserem participar. Como uma das partes mais difíceis de se ter um filho é dar o nome à sua criatura, o autor Vitor Hugo Mota te convida a sugerir e ceder um nome para a super equipe a ser formada ao longo de “Khaoz Crescente”. Basta dar a sua sugestão nos comentários aqui no site, nos posts referentes ao áudio drama “Khaoz Crescente”, e torcer para estar entre os melhores. Mas não se esqueça de ler o regulamento antes de participar do concurso, pois a partir do momento em que você fizer sua sugestão, partiremos do pressuposto que concorda com o proposto, ok? Para conferir o regulamento do Concurso Cultural “O Nome do Time”, siga até o fim da postagem.

CRÉDITOS DE PARTICIPAÇÃO

Roteiro, Edição, Direção e Produção Executiva: Vitor Hugo Mota

Narração: João Victor Militani

Locução: Ira Morato

ELENCO DESTE EPISÓDIO POR ORDEM DE APARIÇÃO

Luiza Müller é Edna Cordeiro

Vinícius Schiavini é Hamilton Aires

Diego Oliveira é O Transeunte 1

Alisson Moura é O Transeunte 2

Marcos Moreira é O Policial de Porto Alegre

Francisco Seixas é Capitão Falcão

Paulo Righi é O Gaúcho Típico

Carlos Del Vale é O Repórter Gaúcho

Fábio Ayçar é O Presidente da República

Rogério Rosa é O Motorista de Sapucaia do Sul

Pedro Henrique Souza é Oculto

Nelson Imbuzeiro é General Tadeu Rossi

Randal Bergamasco é Capitão Américo

Rogério Passos é Cabo

Andriolli Costa é O Cinegrafista do Zoológico

Alexandre Baggio é Emissário

Cristian Melo é O Policial de Taquara

IMAGEM DOS HERÓIS DO EPISÓDIO

(COM DESCRIÇÃO AO PÚBLICO DEFICIENTE VISUAL)

Francisco Seixas é a voz de Capitão Falcão
Na parte superior esquerda temos a imagem que mostra que Francisco Seixas é a voz de Capitão Falcão. Temos a imagem do herói sendo um homem forte e robusto, com as mãos nos quadris, o corpo é um triângulo invertido, com pernas finas e ombros largos, músculos se destacando no tronco e braços, pescoço quase tão largo como a cabeça, com queixo quadrado com uma covinha na ponta. Usa uniforme azul, com cueca bege sobre o uniforme e cinto de fivela amarela em forma de ave estilizada. O símbolo se repete no peito, onde continua ligado à longa capa e ao capuz que cobre toda cabeça e tem uma listra azul convergente no centro e vai até o nariz, com pequenas asas amarelas nos ouvidos. O símbolo da ave também aparece nas bainhas das mangas e das calças do uniforme, onde se liga às luvas e botas beges.
Pedro Henrique Souza é a voz de Oculto
No canto superior esquerdo temos a imagem que mostra que Pedro Henrique Souza é a voz de Oculto. Super herói magro, caucasiano conforme as poucas evidências de pele mostradas – no caso os antebraços e a mandíbula. No rosto, veste uma máscara de caveira que lhe cobre os olhos e nariz. Na órbita dos olhos, o conteúdo é escuro e apenas pupilas vermelhas podem se destacar. Traja uma grande capa preta de bainhas puídas ao final. Da capa se projeta um capuz que lhe cobre quase toda a cabeça, deixando apenas o rosto exposto. Na altura do peito uma fivela dourada em forma circular prende a capa preta. Dentro da capa, ao invés de escuridão há um grande vazio de trevas, similar ao espaço sideral. O personagem, além da capa, veste uma camiseta preta com uma estampa bege similar a uma chapa de raios X do tórax. Oculto se apresenta de braços cruzados e usando um par de luvas com decalques nos dedos lembrando as falanges da mão. Veste calças negras com uma faixa bege descendo pelas laterais das pernas e calçados negros com solado bege.
Alexandre Baggio é a voz de Emissário
No canto superior direito temos a imagem que mostra que Alexandre Baggio é a voz de Emissário. Super herói magro, caucasiano, voando projetado para frente. A mão esquerda está espalmada para frente enquanto a direita está para trás, erguida na altura do ombro e com o punho fechado. A perna esquerda se encontra estica e a direita dobrada. Os cabelos do personagem são grisalhos, tendendo ao branco, cortados curtos e com uma franja eriçada para cima. Emissário tem um rosto jovial apesar dos cabelos grisalhos e está sorrindo. Veste uma máscara azul escura que lhe cobre apenas os olhos, que são grandes e com leve tom azulado. Nas mãos veste luvas azuis escuras que cobrem até metade dos dedos. Veste também um casaco azul escuro na região do tórax e cinza nas mangas e gola, além de uma calça jeans cinza. Calça tênis predominantemente azul escuro e com solado e bico cinza. No peito do herói sobressai um símbolo azul celeste similar a uma flecha apontando para cima e dois símbolos similares a uma letra E maiúscula espelhadas, uma de cada lado das arestas da seta superior da flecha. O símbolo é envolto numa aura azul celeste, assim como todo o campo de força que envolve o personagem.
Nelson Imbuzeiro é a voz de General Rossi
No canto superior direito temos a imagem que mostra que Nelson Imbuzeiro é a voz do general Tadeu Rossi. À esquerda, a imagem apresentada é o busto do personagem: um senhor sexagenário, caucasiano, cabelos grisalhos e com uma ligeira calvície. Os cabelos são curtos ao estilo militar. Apresenta nariz com uma leve saliência no meio e uma ponta mais curta, como se tivesse quebrado o nariz algumas vezes ao longo da vida. Suas sobrancelhas e bigode são volumosos e igualmente grisalhos. O queixo é fino e toda a sua cabeça tem um formado de ovo com a ponta estreita para baixo. Usa um par de óculos escuros com armação Ray Ban clássico e veste uma gandola camuflada padrão do exército brasileiro.

TRILHA SONORA DO EPISÓDIO

The Fall Collapses, de Harry Gregson-Williams

Merchant of Death, de Ramin Dwajadi

Watchtower Beta Sector, da Game Audio, Ltd

Enforcer Bot, da Game Audio, Ltd

Grodd’s Throne Room, da Game Audio, Ltd

White Marcian Warship, da Game Audio, Ltd

Taking Control, de Clint Mansell

Queen Bee, da Game Audio, Ltd

Communications Facility, da Game Audio, Ltd

Defense Control, da Game Audio, Ltd

Base Tunnels, da Game Audio, Ltd

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL “O NOME DO TIME

  • Claudio Roberto Assad Crudo da SIlva
    claudio@godanddragon.com.br

    Sugestão de nome : Estrelas do Sul.

    • Andriolli

      Estrelas do sul é um baita nome. Voto nesse!

  • Alexandre Augusto Lopes Gomes
    alxjiu@gmail.com

    Sugestão de nome: Gaudérios da justiça.

  • Norberto Silva

    João Norberto da Silva.
    norbertosilvaescritor@gmail.com
    Sugestão de nome: Os Lábaros.

  • Mas olha só, esse Patux, participando de Audiodramas e nem para avisar os próprios companheiros de equipe do SpeedTrap 😀

  • Nerdanderthal

    Sensacional. Foi muito bom ter participado.
    Viajei no tempo lembrando das séries que ouvia no rádio, quando criança, com meu pai ou meu avô: O Anjo, Histórias de Tio Janjão, O moleque Saci e outros.
    Havia o magnífico trabalho dos contra-regas fazendo a sonoplastia e as músicas de fundo.
    Tudo isso feito agora por você.
    Excelente.
    A galera que gravou tb foi foda, difícil até de reconhecer as pessoas devido às boas interpretações e a narrativa é tão clara e tão detalhada que ouvi de olhos fechados e “vi” todos os ambientes das cenas em minha volta.
    Deve ter sido muito difícil fazer a edição com gravações separadas, volumes diferentes, interpretações amadoras, etc. A galera, incluindo eu, está de parabéns pela participação e você pelos excelentes textos.
    Já estou ansioso para a próxima gravação.

    • Kell_Bonassoli

      Nem vou comentar, só assinar aqui embaixo pq concordo totalmente com o Neanderthal

  • mesthor

    Excelente audiodrama que está indo pro topo da minha lista cada vez que sai. Estou acompanhando com muita empolgação.
    Quanto ao grupo de heróis pensei em:
    B.A.G.R.E.S — Bravos Aliados Guerreiros Reunidos Entorno da Sociedade.

    Parabéns pelo excelente trabalho!!!

    Everton Felipe
    mightugly@gmail.com

  • Pingback: 18 - Todos Sabem Fazer, Menos Eu - Podcast Los Chicos()

  • A Crocs que o Change precisa

    Capivara fantasiada foi boa.

  • Jack Tequila

    Audio drama é uma forma muito legal de se passar o tempo em onibus ou filas interminaveis de banco,ou viajar mesmo,para pessoas como eu que ficam enjoadas ao lerem em onibus e afins,é muito bom,e essa em especial é o melhor audio drama que já ouvi,estou ouvindo tudo de novo,pois faço questão de não deixar passar nada da historia,gosto muito do emissário,mas o imaginava de capa a primeira vez e imagina capitão falcão com o uniforme totalmente dourado como o “sentila” da marvel,só que com mais pompas até,mas adorei os uniformes,personagens distintos,carismáticos e de profundidade desconhecida o que deixa o ouvinte doido para saber mais deles.
    partindo para o segundo episodio.

    • É sempre interessante imaginar como as pessoas imaginariam os personagens se não houvesse uma descrição deles. Mostra a diversidade de formas que uma voz pode passar ao público. Mas se você notar bem, o Capitão Falcão é o estereótipo do herói perfeito até nas roupas: o único que usa capa, o único que usa cuecas por fora das calças… O Emissário, mesmo sendo uma lâmpada voadora, é um sujeito mais discreto, com roupas que dá pra andar na rua sem ninguém falar: “Olha, que ridículo!”

      Ficamos muito felizes pelo seu apreço à obra e reconhecer nela um produto diferenciado, feito de coração para oferecer ao público deficiente visual a experiência de ler uma história em quadrinhos de maneira mais acalorada, sem a frieza de uma simples áudio-descrição.

      No aguardo de seus vindouros comentários e da propaganda ao público! 😉