CONCURSO CULTURAL

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL – “O NOME DO TIME” – 2015

  • 1.                                 OBJETO E PRAZO:
  • 1.1.                           O Concurso Cultural “O Nome do Time” será promovido pela Agência Transmídia (PROZE Consultoria Criativa), inscrita no CNPJ sob o nº 22902083000147. e é voluntário e gratuito, de livre acesso às pessoas interessadas em participar e não está vinculado a nenhum tipo de aquisição de produtos ou serviços, nem qualquer modalidade de sorte ou álea, de acordo com o artigo 3º, inciso II, da Lei n.º 5.768/71, e com o artigo 30 do Decreto­Lei n.º 70.951/72.
  • 1.2.             O Concurso será realizado em todo o Brasil, no período compreendido entre as 08h00min do dia 27 de agosto de 2015 e as 08h00min do dia 14 de dezembro de 2015, e consistirá na premiação do melhor sugestão para o nome do grupo de heróis apresentados no Audiodrama “Khaoz Crescente” da Agência Transmídia contido nesse tópico conforme as regras abaixo.

 

  • 2.                                 DAS CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO:
  • 2.1.                   A presente promoção é aberta ao público em geral, podendo participar as pessoas Físicas, residentes em todo o território nacional, desde que maiores e capazes, nos termos da legislação civil em vigor, respeitados os termos e condições estabelecidas neste regulamento.
  • 2.2.                           É vedada a participação de funcionários, bem como de seus familiares, da Agência Transmídia, de empresas relacionadas, ou quaisquer pessoas diretamente envolvidas com esta promoção.
  • 2.3.                           A participação no presente Concurso é voluntária, gratuita e implica na aceitação total e irrestrita dos termos e condições do presente Regulamento.
  • 2.4.                           Ler e aceitar este Regulamento, por tal ato submetendo-se de forma irretratável e irrevogável a todos os respectivos termos e condições.

 

  • 3.                                 COMO PARTICIPAR:
  • 3.1.                           Entre os dias 27/08/2015 à 14/12/2015, os interessados em participar do presente concurso deverão enviar nomes para o grupo de heróis do Audiodrama “Khaoz Crescente” disponível no site da organizadora do presente concurso. As sugestões de nome deverão ser feitas exclusivamente na seção de comentários da publicação, e deverão constar do nome completo e do e-mail do candidato.
  • 3.2.                           Qualquer cadastro feito fora do período disposto no item 3.1, e fora do espaço acima descrito, estará desclassificado e não participará do presente Concurso.
  • 3.3.                           A Agência Transmídia reserva­-se o direito de desclassificar e excluir os participantes cuja conduta demonstre estar manipulando dolosamente a operação do Concurso, bem como os participantes que tentarem fraudar ou burlar as regras estabelecidas neste Regulamento.
  • 3.4.                           Os participantes poderão participar com mais de uma inscrição, porém, cada uma deverá ser feita em registro separado.
  • 3.5.                           Na hipótese de recebimento, pela organizadora, de dois ou nomes iguais, apenas será considerado, para os efeitos de participação do Concurso, o que primeiro for recebido, sendo os demais desconsiderados para efeitos de premiação.
  • 3.6.                           Não será permitida em qualquer hipótese, sendo imediatamente desclassificada, a submissão de nomes que contiver: (i) uso de quaisquer expressões ou sinais contrárias à moral e aos bons costumes; (ii) termos que ofendam a honra ou imagem de pessoas, produtos, empresas ou natureza, meio ambiente, espaços físicos e afins; (iii) sinais ou palavras que ofendam a liberdade de consciência, religião, sexo, ideia ou sentimentos das pessoas ou associações (iv) incentivo a maus costumes, violência ou drogas; (v) apologia a símbolos desportivos reconhecidos; (vi) apontamento preconceituoso, constrangedor, pornográfico ou semelhante.
  • 3.7.                           A Organizadora se reserva o direito de desclassificar as inscrições que não preencham os requisitos previstos nos itens anteriores ou em qualquer outra disposição deste Regulamento, independentemente de qualquer comunicação prévia.
  • 3.8.                           Serão escolhidos os nomes mais criativos e adequados ao tema de NOME MAIS DEMOCRÁTICO, dentre todos as inscrições que atenderem integralmente ao disposto no presente Regulamento, por uma Comissão Julgadora composta por 3 (três) funcionários da Agência Transmídia, cuja decisão é soberana e irrecorrível, sendo utilizados na decisão critérios de criatividade, originalidade e vinculação ao tema proposto.
  • 3.9.                           Não caberá qualquer reclamação acerca da decisão da Comissão Julgadora, em hipótese alguma.
  • 3.10.                             Os nomes livremente apresentados à Organizadora do Presente Concurso Cultural serão propriedade intelectual do candidato, entretanto, fica desde já expressamente livre e pactuado que todos os direitos autorais patrimoniais serão transferidos, de forma gratuita, irretratável e irrevogável à Agência Transmídia, que, por sua vez, indicará a autoria ao Candidato vencedor em todas as formas de mídia ou modo em que sejam empregados, que poderá ser, dentre outras formas, utilizar, fruir, dispor, reproduzir, distribuir, explorar economicamente ou ceder a terceiros, livre e ilimitadamente, no território nacional ou fora dele e em qualquer mídia ou modo, existente ou que venha a ser criado, independentemente de outro ajuste com o AUTOR DO NOME,  e sem que este tenha direito a qualquer remuneração ou indenização.
  • .
  • 3.11.                       Os participantes do Concurso, incluindo os vencedores, assumem total e exclusiva responsabilidade a respeito de todas e quaisquer reivindicações de terceiros no tocante às respostas submetidas ao Concurso. Todos os participantes declaram que os conteúdos enviados são originais. Em caso de plágio, a Agência Transmídia não responderá por quaisquer prejuízos sofridos por terceiros, mas desclassificará do Concurso o participante responsável pela pratica ilícita.
  • DO PRÊMIO
  • 3.12.                       O vencedor receberá como prêmio versão impressa do roteiro do Audiodrama “Khaoz Crescente”, contendo artes exclusivas ilustrando tanto os momentos da história quanto também o processo criativo da identidade visual dos personagens ao longo dos anos. Além disso, poderá participar de vindouros audiodramas com um personagem exclusivo de aparição esporádica.

 

  • 4.                                 DA SELEÇÃO DO VENCEDOR
  • 4.1.                           A seleção e escolha do melhor nome será feita por uma banca de  3 (três) colaboradores da Agência Transmídia em até 07 dias após o prazo para inscrições, e a decisão soberana e irrecorrível será então anunciada por meio de publicações no site da Agência e em seus perfis de redes sociais.

 

  • 5.                                 DA ENTREGA DA PREMIAÇÃO
  • 5.1.                           O vencedor do concurso será contatado pelo e-mail cadastrado na seção de comentários e terá até 30 (trinta) dias para responder e informar o endereço para envio do prêmio descrito no item 4.1. Após esse prazo a Agência Transmídia se reserva o direito de reter o prêmio e fazer um sorteio entre todos os concorrentes, inexistindo para o contemplado, nessa hipótese, qualquer direito a ressarcimento ou indenização.
  • 5.2.                           O prêmio é livre e desembaraçado de quaisquer ônus para o contemplado.
  • 5.3.                           O prêmio não poderá ser trocado por outros, muito menos convertido em dinheiro, consoante a previsão do parágrafo 3º do artigo 1º da Lei n.º 5.768/71.

 

  • 6.                                 DISPOSIÇÕES FINAIS
  • 6.1.                           Em momento algum poderá a Realizadora ser responsabilizada por inscrições perdidas, atrasadas, enviadas erroneamente, incompletas, incorretas, inválidas ou imprecisas.
  • 6.2.                           A Agência Transmídia não será responsável por problemas, falhas ou funcionamento técnico, de qualquer tipo, em redes de computadores, servidores ou provedores, equipamentos de computadores, hardware ou software, ou erro, interrupção, defeito, atraso ou falha em operações ou transmissões para o correto processamento de inscrições, incluindo, mas não se limitando, a transmissão imprecisa de inscrições ou falha da Realizadora em recebê-las, em razão de problemas técnicos,  congestionamento na internet ou no site ligado ao Concurso, vírus, falha de programação (bugs) ou violação por terceiros (hackers).

 

ÁUDIO DRAMA “SENTINELAS” – 2ª TEMPORADA: PELA MADRUGADA – EPISÓDIO 07, CAPÍTULO 13 – PARTE 1

DESCRIÇÃO DA VITRINE AO PÚBLICO DEFICIENTE VISUAL

Banner em forma de retângulo deitado com imagens dentro, totalmente em preto e branco. Temos cinco pares de personagens se encarando em fileira, num plano de perfil para oito deles. Do lado esquerdo, os heróis; do lado direito, os antagonistas. Começando pela esquerda, Um homem de porte atlético e postura ereta veste uma camisa social grossa com mangas dobradas até os cotovelos. Os braços estão pendentes junto ao corpo. Na camisa há um bolso de vinco central e uma aba sobre a abertura. Seus dentes estão à mostra e veste uma bandana clara que cobre seu rosto do topo da cabeça até a altura do nariz, com um nó simples a prendendo atrás da nuca. Na bandana, há um buraco destacado através do qual se observa seu olho; ao lado esquerdo dele, há um homem maduro, de postura ereta e vestindo um capacete militar. Seus olhos são protegidos por um óculos de lentes grandes e um vistoso bigode pode ser identificado, Seu queixo é projetado para frente e seu nariz é fino. Veste um colete escuro com duas faixas horizontais claras na altura do abdômen e uma alça vertical que desce pelo ombro e termina na altura do peito; ao seu lado esquerdo, há a figura de uma mulher cuja cabeça é totalmente coberta por um capacete de visor escuro, seu pescoço fino leva a um corpo atlético e ereto, com busto firme e destacado por decalques escuros. Lateralmente ao seu corpo desce uma longa mecha de cabelo, terminando na altura da cintura, que veste um cinto estilizado em forma de cabeça de coelho; à sua esquerda, uma outra figura feminina, magra e esguia, tem sua cabeça coberta por um tipo de capote escuro de bainhas claras que vai até o topo da cabeça. Diante de seu rosto ocultado parcialmente pelas sombras, pende uma grande e volumosa mecha de cabelo, que vai até a altura do peito. Diante de seu busto, paira um símbolo que consiste numa semi esfera com duas ondas finas e encurvadas em direção aos braços. De seu casaco escuro só é possível observar um bolso na altura da cintura e o fecho central da roupa; e ao lado esquerdo dela, de frente para o espectador mas com a cabeça levemente inclinada para a esquerda, há a figura de alguém vestindo uma máscara em forma de caveira, rangendo os dentes por baixo dela. Nenhuma pele é notória e um grande círculo branco vazado de preto no meio se apresenta no seu peito. Dois pares de costelas e cinco vértebras estilizadas se apresentam em seu tronco e abdômen, contrastando com a total escuridão. Duas estruturas parecidas com argolas se apresentam na altura da cintura, uma de cada lado. Além disso, veste uma imensa e esvoaçante capa preta, que se une a um capote que cobre parte de sua cabeça. Esta capa está erguida até o topo da tela e faz uma divisão de fundos: branco para a esquerda, preto para a direita. Já do lado direito, a disposição dos personagens é bem parecida. Na extrema direita, um homem atlético e de postura ereta se apresenta rangendo os dentes, de braço esquerdo pendente ao tronco e braço direito erguido na altura do rosto, empunhando uma pistola. Veste um casaco escuro com mangas puxadas até a altura dos cotovelos e levemente bufantes. Junto ao ombro, um coldre de axila se destaca e segue até as costas na cintura, veste um coldre pélvico com um revólver guardado. Suas mãos vestem luvas de dedos destacados e no rosto há uma máscara de operações especiais – a chamada touca ninja, que tem buracos para os olhos e para a boca. Esta máscara emenda com a gola role de seu casaco; à sua direita, um homem que aparenta certa idade, magro e com a cabeça levemente inclinada para baixo. Tem grandes entradas na testa e cabelos escuros penteados para trás. Suas sobrancelhas são grossas, olhos contidos e escuros, além de ter um nariz batatudo e queixo avantajado. Seu rosto apresenta linhas de expressão na testa, olhos e no queixo há uma covinha. Veste um terno claro e suas mãos estão projetadas para dentro do bolso da calça, já que o paletó se apresenta levemente dobrado na altura da cintura. No pescoço, desce uma gravata escura com uma mulher estilizada ao longo da peça; à sua direita, há um homem de cabelos escuros, de vistoso topete e sobrancelha, seus olhos estão parcialmente fechados e observam maliciosamente o colega da esquerda. Seu nariz é longo e grande e seu sorriso é maquiavélico. Seu pescoço é grosso e praticamente emenda com seu tronco. Veste uma camisa social simples e tem uma barriga protuberante; à sua direita, um homem corpulento e alto range os dentes. Seu nariz é muito grande e achatado. Veste um boné virado para trás e uma camiseta de gola “V” listrada horizontalmente. Poucas linhas de expressão são notórias em seu rosto; e à sua direita há um homem de estatura baixa corpo roliço e rosto cheio. Seu nariz é fino e caído e suas sobrancelhas escuras estão franzidas sadicamente. Seu sorriso é psicótico e seus dentes da frente são projetados para fora, como se fossem dentes de coelho. Seus cabelos são volumosos e bagunçados, caindo diante de seu rosto. Veste um macacão claro estilo jardineira e uma camiseta T-Shirt escura. No canto superior esquerdo temos o enunciado “Episódio 7”; ao lado, o enunciado “Capítulo 13”; e no canto superior direito, “Parte 1”. Abaixo do enunciado “Capítulo 13”, há o cabeçalho “Sentinelas – Segunda Temporada”, seguido logo abaixo do nome do episódio: “Sob Fogo Cruzado”. Na porção inferior central há o selo da Agência TransMídia abaixo – que é um carimbo circular com as letras “T” e “M” maiúsculas ao centro.

SINOPSE DO CAPÍTULO

Sem uma equipe, mas não sozinho, Nervoso deve lidar com o avanço galopante de uma facção criminosa sobre o solo carioca. Enquanto isso, também no Rio de Janeiro, General Rossi, Lebre Rubra, Pink Rocker e Oculto encaram três chefes do tráfico que não medem esforços para se manter no poder de seus morros e além.

 

“SENTINELAS” é uma comédia de ação em forma de áudio drama que satiriza estereótipos de super-heróis num cenário totalmente brasileiro. O nome foi escolhido pelo ouvinte Alexandre Santos Costa ao fim da primeira temporada – “Khaoz Crescente” – graças ao concurso cultural “O Nome do Time”.

A história foi escrita em 2005 e passou por diversas revisões até a presente versão em áudio. O público-alvo principal deste áudio drama é o público deficiente visual, que não possui uma representatividade expressiva no cenário de entretenimento impresso, sendo a eles negligenciadas áudio descrições de histórias em quadrinhos. O autor de “Sentinelas”Vitor Hugo Mota – identificou nesta fraca demanda a oportunidade de contemplar seus amigos deficientes visuais e, ao mesmo tempo, incentivar o uso da mídia podcast para outros fins além do papo trivial e informal de amenidades. O texto foi totalmente adaptado para ficar o mais descritível possível e dar a oportunidade de imersão para TODOS os públicos audíveis. E para tornar ainda mais efetivo, os efeitos de fundo utilizados ilustram sonoramente as ações efetuadas pelos personagens e o cenário ao redor. Neste trajeto, o público infantil foi uma inesperada surpresa, sendo escutado por jovens entre 08 e 13 anos.

Por se tratar de uma história satírica, recheada de situações absurdas e nonsense, “Sentinelas” se tornou uma história sem preconceitos, pois não trata uma cidade ou indivíduos melhor do que qualquer outro semelhante. Toda a narrativa enaltece e também faz piada com diversas cidades e estereótipos por onde passa.

CRÉDITOS DE PARTICIPAÇÃO

  • Roteiro, Direção e Produção Executiva: Vitor Hugo Mota
  • Direção de Vozerio: Cristian Melo
  • Locução: Leora Heller
  • Narração: Francisco do Couto

ELENCO DESTE EPISÓDIO POR ORDEM DE APARIÇÃO

Vitor Hugo Mota é Nervoso

Gabriel Toledano é Gatilho

Bruna Evelyn é Pink Rocker

Pedro Henrique Souza é Oculto

Luana Righi é Lebre Rubra

Nelson Imbuzeiro é General Tadeu Rossi

Márcio Neves é Bandido 1

Vinícius Schiavini é Psit

Rogério Bem é Zacareca

Flávio Marteleto é Zé Dé

Edson Oliveira é Cacildis

Rafael Motta é Tenente Lafon

Gabriel Lima, Rafaela Campos, William de Oliveira, Giovani Martins, Letiane Duarte, Liipi Volpi & Cristian Melo são Vozerio dos soldados

Alexandre Martins é Major Macalet

Cesar Lemos é Bandido 2

Caio Hansen é Bandido 3

Brunno Costa é Bandido 4

Marcos Moreira é Sargento Brochado

Beto Costa é Soldado 1

IMAGEM DOS HERÓIS DO EPISÓDIO

(COM DESCRIÇÃO AO PÚBLICO DEFICIENTE VISUAL)

Vitor Hugo Mota é a voz de Nervoso 2016-1
A imagem apresenta o personagem Nervoso à esquerda, seguido da foto de Vitor Hugo Mota com o crédito “A Voz de Nervoso”. O ­personagem é um homem de porte físico forte e semblante raivoso. Está executando um salto da direita para a esquerda, mas com a cabeça levemente inclinada para a direita, encarando o espectador. Suas pernas estão suspensas e esticadas para frente, niveladas na altura da cintura e bem afastadas uma da outra. Nos pés, veste um par de coturnos pretos desamarrados, com cadarços esvoaçantes. O tronco do personagem está inclinado para frente, com o peito quase alinhado horizontalmente com o abdômen. Seus braços estão erguidos na altura dos ombros, dispostos lateralmente ao corpo, com os punhos fechados e vestindo luvas pretas de dedos destacados. O personagem veste uma bandana amarela que cobre sua cabeça do topo até a altura do nariz, com furos para os olhos. Olhos estes que são escuros e com as margens externa do branco do globo com um tom avermelhado, denotado ira. Os dentes rangendo estão bastante à mostra e seu queixo é levemente projetado para frente. O herói veste uma camisa social verde escura com mangas dobradas até a altura dos ombros e uma bermuda cargo verde com comprimento até os joelhos.
Bruna Evelyn é a voz de Pink Rocker 2016-1
A imagem apresenta a personagem Pink Rocker à esquerda, seguida da foto da intérprete Bruna Evelyn com o crédito “A Voz de Pink Rocker”. A personagem é uma jovem magra e com aparência adolescente. Encontra-se em postura ereta, com as pernas e braços levemente afastados do tronco e quadril. Sua cabeça é coberta em grande parte pelo capote rosa-choque do casaco que veste. Diante do rosto, uma grande mecha de cabelo rosado pende da testa até o peito. Seu rosto é parcialmente encoberto por sombras formadas entre a franja e o capote, mas é possível notar um par de olhos cor de rosa, mirando o canto superior esquerdo, sobrancelhas rosados e uma boca fina maquiada com batom também rosa. Sua jaqueta é predominantemente preta, com uma faixa central rosa que vai da base do capote até a bainha da cintura, emendando com os bolsos abdominais da peça de roupa, um bolso de cada lado. As mangas da jaqueta estão suspensas até a altura dos cotovelos e suas mãos vestem luvas pretas com dedos vazados. Nos pulsos, ela usa munhequeiras com spykes delicados. Seu short jeans é curto e simples, findando cerca de quatro dedos abaixo da virilha. Nos pés, calça meias brancas curtas e um par de tênis rosas com solado branco. O destaque fica para o símbolo diante de seu peito, que consiste num oval rosa claro, ladeado por semi­círculos, dois de cada lado, simulando ondas progressivas.
Luana Righi é a voz de Lebre Rubra 2016-1
A imagem apresenta a personagem Lebre Rubra à esquerda, seguida da foto de Luana Righi sendo creditada como “A Voz de Lebre Rubra”. A personagem é uma mulher esguia com coxas grossas e cintura fina. Ela se encontra em postura ereta, numa corrida progressiva e elegante. Sua perna esquerda está esticada e tocando o chão com a ponta do pé. A perna direita está erguida, apontando o joelho dobrado para frente e o pé direito para trás, dando embalo à corrida. Seu quadril está voltado para o espectador, mas seu tronco e ombros giram suavemente para a esquerda. A cabeça está voltada para a direita tendo seus cabelos castanhos representados por um par de marias chiquinhas para trás. Seu braço direito está ligeiramente afastado do tronco e esticado para baixo, enquanto o braço esquerdo está erguido na altura do peito, com o cotovelo inclinando o antebraço para frente, com a mão aberta. A cabeça está totalmente coberta por um capacete estilo ciclista, vermelho com duas faixas em tom mais escuro de vermelho, que vão da testa até o meio da cabeça e simulam orelhas de coelho. O rosto é totalmente coberto por um visor do mesmo tom de vermelho-escuro, por onde se vislumbra a silhueta dos olhos e boca. Veste um macacão colado vermelho, de mangas curtas e que vai da metade do pescoço até a metade das coxas. Na altura dos seios há uma estampa da cabeça de uma lebre com orelhas que seguem pelos ombros até o fim das mangas. Os dentes estilizados descem do fim do esterno até o meio do abdômen. A bainha da gola, as mangas, a barra e o cinto também são vermelho-escuros. Nas mãos usa luvas vermelho­-escuras que deixam a ponta dos dedos e unhas vermelhas à mostra, e nos pés usa tênis de corrida, na mesma cor das luvas, que tem o cano alto simulando orelhas de lebre.
Pedro Henrique Souza é a voz de Oculto 2016-1
A imagem apresenta o personagem Oculto à esquerda, sendo seguido à direita pela foto de Pedro Henrique Souza creditado como “A Voz de Oculto”. O herói é um homem jovem, magro e um pouco desengonçado. Encontra-se numa postura desequilibrada, com o tronco inclinado para trás e pernas arqueadas para frente – cujos pés tocam firmemente o chão. Os braços tentam restabelecer o equilíbrio, estando o braço esquerdo afastado do tronco, erguido na altura do ombro e com o cotovelo dobrado para baixo, deixando a mão na altura do peito. O baço direito está esticado para baixo e afastado do tronco muito suavemente, com a mão espalmada apontando para a direita. A cabeça está levemente inclinada para a direita e os olhos vermelhos fitam o canto superior esquerdo. O personagem veste um grande manto negro de barras desgastadas, com rasgos e tem um capote integrado que lhe cobre a cabeça quase que totalmente, deixando à mostra apenas uma máscara em forma de caveira que protege a porção superior da sua face e deixando sua boca exposta. Uma fivela oval amarela, em forma de letra “O” prende o manto ao seu corpo. Nas mãos, usa luvas negras com decalques bege, simulando os ossos da mão. O restante do seu corpo veste uma camiseta T-Shirt preta com estampas estilizando costelas, vértebras e bacia de um esqueleto em seus lugares correspondentes. Segue uma faixa bege pela lateral externa de sua calça preta até o calçado preto que usa, se fundindo à sola deste tênis. Dentro do manto, a imagem fantasmagórica de um esqueleto de olhos vermelhos está envolto em névoas assustadoras.
Nelson Imbuzeiro é a voz de General Rossi e Gabriel Toledano é a voz de Gatilho
A imagem apresenta dois personagens aliados: à esquerda, General Tadeu Rossi é retratado até a cintura, seguido da foto de Nelson Imbuzeiro creditado como “A Voz de General Rossi”. O personagem é um homem de meia idade saudável, de corpo esguio e postura ereta. O rosto mostra um queixo alongado e sob o nariz fino há um vistoso bigode. Ele tem um cigarro aceso em sua boca, consumido até a metade e usa um par de óculos escuros de grandes lentes diante dos olhos. Sobre a cabeça usa um capacete “coquinho” militar com suas hastes de couro soltas sobre as orelhas. Seu uniforme consiste de um jaquetão camuflado militar – chamado gandola – com as mangas dobradas até a altura dos cotovelos. Uma bandeira do Brasil está bordada no ombro esquerdo e duas abotoaduras adornam o colarinho do general. Sobre a gandola há um colete tático verde, com duas presilhas similares a cintos no seu abdômen, e sobre os ombros duas alças verticais que vão até a altura do peito. Os braços estão posicionados bem junto ao tronco, com a mão direita erguida na altura do abdômen segurando a coronha de um fuzil e a mão esquerda posicionada na altura da cintura, segurando no apoio dianteiro da arma. Suas mãos vestem luvas táticas pretas, com dedos vazados. E à direita de General Rossi temos a imagem do personagem Gatilho, retratado até a cintura, seguido da foto de Gabriel Toledano creditado como “A Voz de Gatilho”. O personagem é um homem, de porte físico atlético e olhos castanhos. Ele está de costas para o espectador, com os braços erguidos na altura dos ombros e com os cotovelos dobrados, apontando as mãos para cima. Sua cabeça está de perfil e seus olhos fitam o espectador por cima do ombro direito. Veste um suéter carmim de gola rolê, com as mangas puxadas at´metade dos antebraços. Nos dois braços, na altura entre os ombros e cotovelo, usa cartucheiras pretas e nas costas há uma bolsa de viagem longa e preta, de calços e bolsos brancos. Suas mãos vestem luvas pretas com dedos e costas a mão vazados. Ele segura duas pistolas automáticas pretas com metal prateado. Na cabeça veste uma máscara cinza estilo touca ninja, deixando à mostra apenas sua orelha, parte seu olho e um pouco do nariz. E ainda sobre o topo da cabeça usa uma touca preta.
A imagem apresenta o busto de quatro vilões dispostos lado a lado e, logo abaixo dos personagens, há imagens de seus intérpretes com seus nomes e atribuições. Da esquerda para a direita temo a imagem de Vinícius Schiavini apresentado como “A Voz de Psit”. O personagem a qual se refere é um homem magro, de ombros largos e desproporcional ao seu porte físico. Veste um paletó verde água, camisa social lilás e uma gravata vermelha com uma mulher em trajes de banho estampada. Seu pescoço é comprido, sua cabeça tem o formato de um retângulo em pé, seu queixo é projetado para frente e suas orelhas são bastante compridas. Seu nariz é curto e batatudo, seus olhos são grandes e amendoados, seus cabelos e sobrancelhas têm um tom acaju. Suas maçãs do rosto se destacam com as linhas de expressão do personagem, que aparente estar na casa dos 50 anos; à sua esquerda, temos a imagem de Flávio Marteleto sendo apresentado ao crédito de “Voz de Zé Dé”. Acima, o personagem se apresenta como um homem de nariz longo, sorriso de orelha a orelha, lábios grandes, olhos curtos e levemente fechados. Sua cabeça tem formato de losango em pé e seu pescoço é largo. Seus cabelos são escuros, levemente grisalhos e de topete vistoso. Suas sobrancelhas grossas têm a mesma cor do cabelo: acinzentados, já que o personagem aparente esta na casa dos 50. Ele se encontra de braços cruzados e vestindo uma camisa social azul com mangas dobradas até os cotovelos; à sua esquerda, temos a imagem de Rogério Bem sendo creditado como “A Voz de Zacareca”. Acima, o personagem se apresenta como um homem atarracado, segurando uma pistola com o braço direito, na altura do rosto. Seu rosto é largo, seu nariz é caído, seus dentes da frente são salientes e suas sobrancelhas são finas. Seus cabelos são castanhos, curtos e desgrenhados, com alguns fios diante do rosto que sorri sadicamente. Ele veste um macacão jeans estilo jardineira e uma camiseta T-Shirt laranja; e finalizamos com a imagem de Edson Oliveira creditado como “A Voz de Cacildis”. Acima, o personagem se apresenta como um corpulento homem afrodescendente, vestindo uma camiseta regata listrada horizontalmente alternando as cores verde e rosa. Usa também um boné verde virado para trás. Seu rosto é largo e sua cabeça tem forma de “oito”. Seus lábios e boca são grandes e seus dentes rangem. Seu nariz é grande e achatado. Suas sobrancelhas são grossas e pretas e seus olhos são bastante curtos, passando quase desapercebidos no seu rosto com linhas de expressão marcantes. Na mão direita, ergue uma garrafa marrom na altura do peito.
A imagem apresenta o busto de quatro vilões dispostos lado a lado e, logo abaixo dos personagens, há imagens de seus intérpretes com seus nomes e atribuições. Da esquerda para a direita temo a imagem de Vinícius Schiavini apresentado como “A Voz de Psit”. O personagem a qual se refere é um homem magro, de ombros largos e desproporcional ao seu porte físico. Veste um paletó verde água, camisa social lilás e uma gravata vermelha com uma mulher em trajes de banho estampada. Seu pescoço é comprido, sua cabeça tem o formato de um retângulo em pé, seu queixo é projetado para frente e suas orelhas são bastante compridas. Seu nariz é curto e batatudo, seus olhos são grandes e amendoados, seus cabelos e sobrancelhas têm um tom acaju. Suas maçãs do rosto se destacam com as linhas de expressão do personagem, que aparente estar na casa dos 50 anos; à sua esquerda, temos a imagem de Flávio Marteleto sendo apresentado ao crédito de “Voz de Zé Dé”. Acima, o personagem se apresenta como um homem de nariz longo, sorriso de orelha a orelha, lábios grandes, olhos curtos e levemente fechados. Sua cabeça tem formato de losango em pé e seu pescoço é largo. Seus cabelos são escuros, levemente grisalhos e de topete vistoso. Suas sobrancelhas grossas têm a mesma cor do cabelo: acinzentados, já que o personagem aparente esta na casa dos 50. Ele se encontra de braços cruzados e vestindo uma camisa social azul com mangas dobradas até os cotovelos; à sua esquerda, temos a imagem de Rogério Bem sendo creditado como “A Voz de Zacareca”. Acima, o personagem se apresenta como um homem atarracado, segurando uma pistola com o braço direito, na altura do rosto. Seu rosto é largo, seu nariz é caído, seus dentes da frente são salientes e suas sobrancelhas são finas. Seus cabelos são castanhos, curtos e desgrenhados, com alguns fios diante do rosto que sorri sadicamente. Ele veste um macacão jeans estilo jardineira e uma camiseta T-Shirt laranja; e finalizamos com a imagem de Edson Oliveira creditado como “A Voz de Cacildis”. Acima, o personagem se apresenta como um corpulento homem afrodescendente, vestindo uma camiseta regata listrada horizontalmente alternando as cores verde e rosa. Usa também um boné verde virado para trás. Seu rosto é largo e sua cabeça tem forma de “oito”. Seus lábios e boca são grandes e seus dentes rangem. Seu nariz é grande e achatado. Suas sobrancelhas são grossas e pretas e seus olhos são bastante curtos, passando quase desapercebidos no seu rosto com linhas de expressão marcantes. Na mão direita, ergue uma garrafa marrom na altura do peito.

TRILHA SONORA DO EPISÓDIO

  • First Person Shooter, de Clint Mansell
  • We Did It, de Alan Silvestri
  • Pentecost, de Ramin Djawadi
  • Buckle Up, de Steve Jablonsky
  • Get a Pump, de Steve Jablonsky
  • Battle on Land and Sea, de Steve Jablonsky
  • The Shatterdome, de Ramin Djawadi
  • Rocinha Favela, de Craig Armstrong
  • Kill’Em All, de Clint Mansell
  • Definitely Guys, de Steve Jablonsky
  • Fogwell’s Gym, de John Paesano
  • Calculated Infiltration, de Henry Jackman
  • Striker Eureka, de Ramin Djawadi
  • Gipsy Danger, de Ramin Djawadi
  • Gothix, de X-Ray Dog
  • The Pod Chase, de Tyler Bates