AGÊNCIA TRANSMIDIA #011 B – DEFENSORES DA TERRA, O FILME

“Hoje – 07:50 hs

Senhores, bom dia! Fiquei sabendo que vocês ousaram bastante na abordagem dos Defensores da Terra para o nosso cliente da King Features Syndicate & Dynamite Comics. Espero que esta ousadia não nos custe uma conta promissora! O representante da nossa cliente – o Sr. Bruno Costa – é um homem criterioso, conhecedor do produto e, acima de tudo, cinema. Sabendo disto, desejo-lhes boa sorte na apresentação, que começa em dez minutos na Sala de Reuniões B.

Att

Dr. Jonas

CEO – Agência TransMidia

 

Cliente:

King Features Syndicate

Representante in loco:

Bruno Costa

Equipe:
Vitor Hugo Mota – Deptº de Criação

Carlos Relva– Deptº de Fontes e Pesquisa

Paulo Elache – Deptº de Tecnologia e Desenvolvimento

Peça:

DEFENSORES DA TERRA

Veículo de Mídia:

Longa Metragem ( Live Action)

ELENCO

FLASH GORDON

ESCOLHA DO CLIENTE

MANDRAKE

ESCOLHA DO CLIENTE

   &   

FANTASMA

ESCOLHA DO CLIENTE

   

LOTHAR

ESCOLHA DO CLIENTE

ZARKOV

ESCOLHA DO CLIENTE

DALE ARDEN / PRINCESA NARDA / DIANA PALMER

ESCOLHA DO CLIENTE

      

RICKY GORDON

ESCOLHA DO CLIENTE

LOTHAR JUNIOR (LJ)

ESCOLHA DO CLIENTE

KSHIN

ESCOLHA DO CLIENTE

JEDDA WALKER

ESCOLHA DO CLIENTE

MING, O IMPIEDOSO

ESCOLHA DO CLIENTE

EQUIPE TÉCNICA

DIREÇÃO

ESCOLHA DO CLIENTE

PRODUÇÃO

ESCOLHA DO CLIENTE

PÔSTER ALTERNATIVO:

POSTER DEFENSORES DA TERRA B

A Agência TransMidia é um exercício criativo. Trata-se de uma simulação de ambiente de trabalho onde nossos participantes são podcasters interpretando suas versões de cliente/consultores de mídia. Não há contato direto com nenhuma das empresas citadas. Todos os personagens, nomes, locais que inspiraram a produção deste programa são marca registrada da King Features Syndicate & Dynamite Comics. Divirta-se.

  • Pingback: Cd5 S/A – 001 – Rodada com Kell Bonassoli & Thiago Miro (Mundo Podcast) | O Chá dos Cinco()

  • Pingback: Cd5 S/A – 001 – Rodada com Kell Bonassoli & Thiago Miro (Mundo Podcast) | Podflix()

  • Bom, é um desenho nostálgico, vou ser nostálgico tb. Não gostei do rumo que a história tomou. Queria algo parecido com a história original, eles impedindo o Ming simplesmente.

    Este fato de os fins justificam os meios não soou legal pra mim. Vocês amarraram muito bem as ideias, os atores, mas não curti isso. Nada contra ao episódio (nem tem como, parte técnica excelente, como sempre), mas não gostei do rumo que o filme levou no final. É claro, quem decide é o cliente, mas particularmente, não gostei do produto final.

    De qualquer forma, foi muito bom relembrar de todos os detalhes do desenho! Aproveitando, qual foi o nome da revista que vocês comentaram mesmo?

    Abraços!!!

    • A nostalgia que você queria da obra não funciona mais hoje em dia como funcionava na época do desenho. Seria um filme infantil com temática oitentista e não atrairia o público que você foi na época. As crianças de hoje em dia não são como nós éramos. Então a melhor via de resolver foi ser sincero com o crescimento dos fãs e lhes apresentar complicações mais adultas, mais sérias.

      A gente entende a sua nostalgia e respeitamos isto, mas isto acaba se tornando uma barreira para aceitar a nova versão. E agradeço muito o cliente ter se permitido (assim como eu também achava a ideia do Carlos maluca no começo, mas acreditei que a melhor forma de se abordar os Defensores era olhando por um prisma pelo qual eles não foram analisados e onde realmente poderiam surpreender).

      A revista lançada pela Dynamite Comics se chama King’s Watch.

      • Ah, eu não queria que fosse a mesma coisa. Nós todos mudamos, isso é fato. Só não achei interessante “vilanizar” (mesmo sendo por um motivo nobre) os heróis. Foi isso que não curti. Poderia ter sido diferente, só isso.

        • Apenas questão de gosto mesmo, Sr. Gudima. Infelizmente não conseguiríamos levar o senhor às salas de cinema (assim como um mesmo público que certamente existe que preferiria ver o que era no passado). Mas quem sabe no próximo job tenhamos maior sucesso em tocar seu coração e sua carteira?

          • Com certeza. Veja bem, acompanho o trabalho de vocês faz um tempo, e este foi somente um. O de Ayrton Senna, por exemplo, foi épico. 🙂

          • Sr. Gudima, não estamos chateados pelos seus cifrões não caírem na nossa caixa. Sabemos o quanto admira os cases da nossa Agência. Por isso mesmo entendemos que, uma hora, poderíamos desagradá-lo em algo. Em vista disso, digo: manteremos o padrão de não convencional.

          • Quero mais é que vocês mantenham o padrão não convencional. Se for pra manter o padrão convencional, não tem porque ter a Agência. Mas, pode acontecer de não casar o gosto. Normal, acontece nas melhores famílias. 😉

  • Pingback: Cd5 039 – Encontro com Andréia Lopes, Dona Mota e Wendson Chaper | O Chá dos Cinco()

  • Pingback: Cd5 039 – Encontro com Andréia Lopes, Dona Mota e Wendson Chaper | Podflix()

  • Pingback: TOUR INSTITUCIONAL 2014: AGÊNCIA TRANSMÍDIA | Agência TransMidia™()

  • Pingback: TOUR INSTITUCIONAL 2014: AGÊNCIA TRANSMÍDIA | Podflix()